• Onde estão os datilógrafos?


    Postado originalmente no LinkedIn: http://bit.ly/Datilógrafos


    A inovação nunca vai parar de acontecer. Você tem duas opções, sentar e reclamar como um profissional mimado, ou levantar-se e andar de mãos dadas com a evolução natural das coisas. A opção é sempre sua.

    Onde estão os datilógrafos?

    Se alguém fizer essa pergunta hoje numa sala lotada, te garanto que vai receber centenas de olhares do tipo "você é louco?".

    Mas na época em que datilógrafo era uma profissão muito bem remunerada e que o computador chegou para exterminar as máquinas de escrever, muita gente reclamou, se jogou no chão, gritou e chutou tentando evitar o inevitável, a evolução. 

    Eu moro em Guarulhos - SP. Muita gente não se lembra (ou não é dessa época!), mas a maior empresa fabricantes de máquinas de escrever, tinha sua sede bem pertinho da minha casa, a Olivetti. Era uma multinacional gigantesca, hoje em dia figuraria com certeza no hall das melhores empresas para se trabalhar. Atualmente o prédio abriga um shopping.

    A evolução natural da tecnologia não poupou a gigante. Ela veio, varreu a máquina de escrever e o datilógrafo do mapa e não teve pena de nenhum dos dois.

    Muita gente ficou desempregada na época? Com certeza! Mas foi algo que aconteceu da noite para o dia? Não! Então por qual motivo tanta gente ficou para trás e perdeu seus empregos quando a tecnologia tomou conta do mercado?

    Pelo simples motivo de que a maioria se recusa a evoluir, não é capaz de reconhecer a inovação se ela parar na sua frente, vestida de líder de torcida, ou passista de escola de samba, o que você preferir.

    Recentemente eu vi uma discussão no LinkedIn, onde as pessoas reclamavam dos totens automáticos do McDonald's. Muitos diziam que é uma forma da empresa dizimar milhares de empregos, outros diziam que é uma forma de fugir de tributação trabalhista, entre outras reclamações.

    Vai dizimar empregos? Sim.

    Vai diminuir carga tributária trabalhista? Principalmente no Brasil onde é absurda? Com toda certeza do mundo.

    Por isso a evolução vai deixar de acontecer? Não vai, meu caro.

    Cabe a você reclamar, aceitar ou enxergar a oportunidade que está bem na sua frente, buzinando no seu ouvido.

    Se você quiser mais exemplos de que reclamar e bater o pé não vai impedir as coisas de acontecerem, estude todas as revoluções industriais que aconteceram ao longo do tempo. Máquina a vapor, linha de produção, automação, indústria 4.0, internet das coisas, machine learning, deep learning, inteligência artificial. Você recusar-se a evoluir, não impede a evolução, somente te transforma num ser obsoleto e dispensável.

    Nossa como você é dura! Sim, eu sou. O mercado também é. Ele é implacável. Somente os especialistas ficarão. E somente os especialistas abertos a aprender em todos os minutos de todos os dias.

    Ah, mas o nosso país ainda não é inclusivo, as pessoas não têm acesso à educação básica, quanto mais a um conteúdo de tão alto nível como evolução tecnológica...

    Sim, eu concordo. E a nossa luta deve ser para mudar isso e não para impedir que o novo aconteça. O quê você está fazendo como profissional estabelecido para mudar esse quadro? Você já pensou em orientar alguém? Em compartilhar seu conhecimento em forma de texto, de vídeo, de um curso gratuito na web? Já fez algum trabalho pela comunidade? Já dedicou uma parte do seu tempo livre para palestrar de forma gratuita para algum grupo de pessoas? Um grupo de estudantes?

    Se sim, parabéns! Você faz parte do grupo que quer ver o mundo e seu país voltar a crescer. Se não, reflita e pare de ser obstáculo para a mudança, torne-se degrau para o crescimento. É fácil. Garanto para você.

    Quer uma prova de que a evolução é saudável e é necessária? Dá uma espiada nesse vídeo que eu coloco aqui embaixo. Mesmo que você não entenda inglês, a mensagem central fica bem explicada.


    Pense numa pessoa com Parkinson, como a Emma, a garota do vídeo. Uma pessoa jovem, com todo o futuro pela frente, que se vê com uma doença que a impede de escrever o próprio nome. A evolução permitiu que os espasmos da doença pudessem ser controlados e ela voltou a escrever. Isso é o que o novo nos traz, a possibilidade de mudar vidas, de ser incrível.

    Não tenha medo do desconhecido. É ele que torna nossa jornada nesse mundo realmente interessante e faz tudo valer a pena.

    E sobre a Olivetti? A empresa que eu falei no início do post? Se você fizer uma busca por ela na internet, vai ver que ela também evoluiu. Tirou a máquina de escrever do catálogo de produtos e hoje trabalha com Internet das Coisas, Indústria 4.0, Cloud, Big Data. Ela se reinventou para permanecer no mercado. Você também pode.

    Quer uma ajuda?


    Conteúdo gratuito fornecido pelas maiores universidades do mundo, material de primeiríssima qualidade, acessível para qualquer pessoa que queira estudar.

    Espero ter ajudado a desmistificar evolução para você que leu meu texto. Obrigada pelo seu tempo e até a próxima :)
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário